Sábado, 20 de Julho de 2024
Publicidade

Federais apreenderam 363 armas de fogo na Bahia

Em todo o país, 13.340 armas foram apreendidas pela PF, PRF e Senasp entre janeiro de 2023 e abril de 2024. Apreensões na Bahia em 2023 superam em 28% os números de 2022

21/06/2024 às 11h38 Atualizada em 21/06/2024 às 11h42
Por: Da Redação Fonte: Ascom Presidência da República
Compartilhe:
Armas de grosso calibe foram apreendidas no estado
Armas de grosso calibe foram apreendidas no estado

O estado da Bahia registrou a apreensão de 363 armas de fogo por órgãos federais de segurança desde o início do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em janeiro de 2023, até abril de 2024.

Os números acima encontram compatibilidade com os que o Atlas da Violência divulgou esta semana, no qual estão na Bahia as cidades mais violentas do Brasil. Conforme a estatística, Santo Antônio de Jesus (BA), no recôncavo baiano, é a cidade mais violenta do Brasil por número de homicídios, diz o Atlas.

O município tem uma média de homicídios de 94,1 por 100 mil habitantes. Segundo o Censo 2022, Santo Antônio tem 103 mil moradores.

Outros seis municípios baianos estão no ranking das dez cidades com maiores índices de homicídios. Santo Antônio de Jesus se junta a Jequié, com taxa de homicídios de 91,9, Simões Filho (81,2), Camaçari (76,6), e Juazeiro (72,3), para fechar a lista dos cinco mais violentos.

NÚMEROS NACIONAIS – Em todo o país, 13.340 armas de fogo foram apreendidas por PF, PRF e SENASP entre janeiro de 2023 e abril de 2024. Somente no ano passado, foram 10.935 apreensões, um incremento de 28% em relação a 2022 (8.466). E, nos quatro primeiros meses deste ano, mais 2.405.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias