Domingo, 16 de Junho de 2024
Publicidade

Mulheres BR pedem igualdade e o fim da violência

Trabalhadoras rurais e urbanas do Norte e Nordeste do país foram às ruas em várias cidades para marcar a data e protestar

08/03/2024 às 18h38 Atualizada em 08/03/2024 às 18h48
Por: Da Redação Fonte: Agência Brasil
Compartilhe:
Mulheres protestaram em todo o país
Mulheres protestaram em todo o país

No Norte e Nordeste do país, as manifestações pelo Dia Internacional da Mulher, nesta sexta-feira (8/3), foram marcadas pela cobrança por igualdade, pela redução da pobreza, contra a violência doméstica e o machismo e por mais participação feminina na política. Os atos começaram pela manhã e se estendem ao longo do dia com caminhadas, intervenções artísticas, feiras feministas, ocupações e ações solidárias para chamar a atenção para as graves desigualdades entre homens e mulheres.

Houve manifestações no Amazonas, Maranhão, Ceará, Amapá, Rio Grande no Norte e Bahia, dentre outros estados. Seja em ambientes internos ou em manifestações de ruas, as mulheres protestaram para garantir seus direitos.

Ainda na Bahia, centenas de mulheres de coletivos e movimentos sociais e populares ocuparam uma das principais vias de Salvador para denunciar e protestar contra a violência no campo e na cidade, como o assassinato da yalorixá Mãe Bernadete, morta com mais de 20 tiros no Quilombo Pitanga dos Palmares, em 18 de agosto do ano passado, em Simões Filho (BA).

“O ato tinha por objetivo dialogar com a sociedade baiana sobre esse contexto do aumento das violências no campo, o aumento do feminicídio. Estivemos por dois dias fazendo um processo de luta, de organização, de formação com as mulheres desses movimentos e no dia de hoje, um dia que é um dia que as mulheres realizam a jornada de luta. A gente não poderia encerrar sem realizar um ato onde a gente reafirma esse caráter de denúncia. A gente precisa cada vez mais denunciar esse contexto da violência no campo, na cidade e também afirmar o papel das mulheres”, disse a agricultora Saiane Santos, da Direção Nacional do Movimento de Pequenos Agricultores (MPA).

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias